M3 Trocadores de Calor a Placas Gaxetado

APLICAÇÕES:

Processos de aquecimento e resfriamento em geral.

DADOS TÉCNICOS:

  • Pressão de projeto: 16 bar
  • Vazão máxima: 14 m³/h
  • Conexões: 1.1/4” BSP
  • Placas: Aço inox 316/li>
  • Gaxetas: NBR, EPDM/li>

Aplicações

Processos de aquecimento e resfriamento em geral.

Configuração padrão

O trocador de calor a placas consiste em um conjunto de placas corrugadas, com furos para passagem dos dois fluidos que irão trocar calor.
O conjunto de placas é montados entre uma placa de estrutura fixa e uma placa de pressão móvel, e então é comprimida por parafusos tensores.

Nas placas são montadas gaxetas, para vedação do canal entre as placas, e para direcionamento dos fluidos por canais alternados. O número de placas é determinado a partir da vazão, propriedade
física dos fluidos, perda de carga e programa de temperatura.

A corrugação da placa promove um fluxo turbulento, e dão suporte às placas contra o diferencial de pressão. As placas e a placa de pressão são suspensas por um barramento superior e alinhadas por um barramento inferior.

Ambos os barramentos são fixados à uma coluna de sustentação. As conexões localizam-se na placa de estrutura ou, se um ou ambos os fluidos fizerem mais de um passe no trocador, na placa de estrutura
e na placa de pressão.

Capacidade

Vazão dos líquidos
Tipo de placa
M3 e M3-X, sendo o M3 com fluxo paralelo, e o M3-X com fluxo

Tipos de estrutura
FG

Até 14 m³/h, variando de acordo com os fluidos, perda de carga admissível, e programa de temperatura.
diagonal (conforme desenho na próxima página)

Água aquecida por vapor
50 a 250 kW

Princípio de funcionamento

Os canais são formados entre as placas e ordenados de forma que os fluidos irão fluir por canais alternados. O calor é transferido pela placa entre os canais, e o fluxo contra-corrente garante a máxima eficiência possível. A corrugação da placa permite a passagem dos fluidos entre as placas, dá suporte à placa contra a placa adjacente, e aumenta a turbulência, resultando em uma troca térmica
eficiente.

MATERIAIS
Placas de estrutura
Aço carbono, pintura epoxi

Bocais
Placas

Gaxetas
Aço carbono
Tubo: Aço Inox, Titânio

Gaxetas ®
Nitrile, EPDM, Viton

Informações Técnicas

Código de vaso de pressão, PED, ASME, pvcALS™ Pressão de projeto (g) / temperatura

  • FG PED, pvcALS™ 1.6 MPa / 180ºC
  • FG ASME 150 psig / 350ºF

Máxima superfície de troca térmica
3.9 m2 (40 sq. ft)

CONEXÕES

  • FG PED DN 1¼” Tubo roscado ISO-R 1¼” FG pvcALS™ DN 1¼” Tubo roscado ISO-R 1¼”
  • FG pvcALS™ DN 1¼” Rosca interna ISO-G 1.1/4", aço carbono
  • FG ASME DN 1¼” Tubo roscado NPT 1¼”

Distribuição de fluxo em um trocador de calor a placas M3-X

Dimensões
180 (7.09")
60 (2.4")
S4 S1

Dados requeridos para o dimensionamento
• Vazão ou carga térmica
• Programa de temperaturas
• Propriedade física dos fluidos em questão (caso não seja água)
• Pressão de operação
S3 S2
173 (6.8")
• Máxima perda de carga admitida

M3_Trocadores de Calor a Placas 1

M3_Trocadores de Calor a Placas Dimensões